Consultas BOA VISTA SCPC

Publicidade

  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem

Parceiros

  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem

Conheça Cachoeira Paulista

O marco inicial do primitivo núcleo foi uma capelinha que Sebastiana de Tal e outros devotos construíram em homenagem ao Senhor Bom Jesus, em 1780.

Manoel da Silva e sua mulher por escritura passada no cartório do tabelião de Guaratinguetá, a 18 de Outubro de 1784, doaram para o patrimônio da Capela, 200 braças ou 440 metros de testada que, partindo da margem esquerda do Rio Paraíba, avançada meia légua para os lados da Serra da Mantiqueira.

A origem do nome Cachoeira Paulista deve-se ao fato de o Rio Paraíba ser encachoeirado após o pontilhão de Ferro da MRS Logística (antiga Estrada de Ferro Central do Brasil). Antes de se chamar Cachoeira Paulista, a cidade teve 7 nomes diferentes: Porto da Caxoeira, Arraial do Porto da Cachoeira, Porto da Cachoeira, Arraial porto da Cachoeira de santo Antônio, Freguesia de Santo Antonio da Cachoeira, Vila de Santo Antonio da Bocaina, Vila de Santo Antônio da Cachoeira, Vila da Bocaina, Bocaina, Cachoeira, Valparaíba - A primeira rua de Cachoeira, foi a "Bom Jesus", que na época , em forma de trilho, partia da capelinha e avançava até o caminho por onde passavam as tropas de Minas Gerais, hoje Rua São Benedito.

As primeiras edificações eram miseráveis choupanas de pobres sertanejos, na sua maioria pescadores das margens do Rio Paraíba. O município de Cachoeira Paulista tem uma área de 288 Km2; uma população aproximada de 31.000 habitantes, sendo mais de 5 mil na zona rural e o restante na zona urbana. A população e de nível social médio.

Os momentos mais históricos de Cachoeira Paulista deram-se em 1932, durante a Revolução Constitucionalista. Nessa época, o município transformou-se na mais importante praça de guerra, tornando-se o Quartel General do Movimento Constitucionalista. Após a Revolução de 32, Cachoeira Paulista continuou seu crescimento, vivendo sempre em fase de expansão, introduzindo novos itens à agricultura, ao Comércio, e posteriormente à indústria. A cidade já viveu de plantações de café, das ferrovias, e hoje pode ser classificada como uma cidade turística; tem a vocação para o ecoturismo e o turismo religioso. Atraídos pela Canção Nova e a Igreja de Santa Cabeça em especial,pessoas do Brasil inteiro visitam a cidade que recebe mais de 1 milhão de turistas ao ano.  Fonte- site PM.

(12) 3101-1820

Rua Prefeito Antônio Mendes, 126 • Centro • Cachoeira Paulista • SP
Logotipo da Sophus