Consultas BOA VISTA SCPC

Publicidade

  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem

Parceiros

  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem

Fonte Mão Fria

Fonte Mão Fria

 

A fonte da Mão Fria, localizada no Jardim da Fonte, surgiu em meio uma lenda.

Entre os índios puris, superticiosos como eram, havia uma índia que atendia pelo nome de Maná; era filha do cacique Taboré. Numa cerimônia religiosa da tribo, a jovem índia foi oferecida a Tupã, pelo pajé da aldeia. Ocorre que Maná se encontra com o jovem Catu, por quem sente imediato grande paixão e é correspondida. 

Tupã não gostou dessa união e fez cair do céu uma "Mão de Ouro" nos campos dos indígenas. Maná, em um dos seus passeios pela margem esquerda do rio dos Surubis, deparou-se com a reluzente mão de ouro, foi ver o que era e, de repente, sentiu que seu povo começava a congelar-se e afundar chão a dentro. 

Já submersa, apenas com a cabeça para fora, de seus lindos olhos duas lágrimas tristes rolaram de sua face para o chão transformando-se em uma pequenina mina d´agua cristalina, que até hoje abastece os moradores da Margem esquerda e adjacências. 

De lá para cá, o lugar passou a chamar-se Fonte da Mão Fria da Indiazinha Maná.

 
      

(12) 3101-1820

Rua Prefeito Antônio Mendes, 126 • Centro • Cachoeira Paulista • SP
Logotipo da Sophus